sábado, 12 de junho de 2010

UFC 115 - RESULTADOS - 'Liddell X Franklin' salva o evento:

O UFC 115 chegou repleto de strikers no card principal e foi um ótimo evento, mas a maioria das lutas não corresponderam as expectativas. No card preliminar, o brasileiro Mario "Super Mário" Miranda nocauteou o experiente David Loiseau no 1o round. Já o outro brasileiro, Ricardo Funch, não teve o mesmo êxito e acabou finalizado por Claude Patrik numa guilhotina no 2o round. E a surpresa ficou por conta da derrota do "queridinho" do UFC Tyson Griffin, que havia vencido o brasileiro Thiago Tavares numa decisão suspeita. Ele perdeu para o invicto Evan Dunham na decisão dividida. Confira os resultados das lutas principais:
.
[70kg] Carlos Condit VS. Rory MacDonald - Os pesos-leves travaram uma guerra no octógono, proporcionando grandes cenas de trocação. Mas Rory foi quem fez a diferença nos 2 primeiros rounds aplicando belas quedas e anulando a guarda do experiente Condit. Porém, no round final, Rory cançou e passou o tempo todo sendo golpeado. O juíz, estranhamente, interrompeu o combate faltando 8 segundos para o final dando vitória ao famoso Condit, que poderia ter perdido caso a luta fosse para a decisão.
.
[PESADOS] Gilbert Yvel VS. Ben Hothwell - Hothwell partiu pra trocação, mas logo botou pra baixo e usou bem o seu tamanho para travar a movimentação de Yvel por baixo. Yvel sobreviveu a pressão e voltou em pé, acertando boas combinaçõs de joelhada e socos, deixando Hothwell grogue. Em outro momento Yvel conseguiu ficar por cima da guarda e acertou grandes bombas, atordoando o gigante Hothwell novamente. Mas, em ambas oportunidades, já estava cançado demais para definir o combate contra Hothwell, conhecido por aguentar muita porrada. No round final Hothwell estava menos cançado e pressinou Yvel no chão até o fim, vencendo por unanimidade.
.
[77KG] Paulo Thiago VS. Martin Kampmann - Martin entrou no combate acertando jabs a uma distância segura, aplicando bons golpes de encontro e esquivando-se bem da mão pesada do brasileiro. Paulo Thiago ainda acertou bons cruzados de direita e aplicou boas quedas, mas a técnica e o condicionamento de Martin continuaram prevalecendo até o fim, e o dinamarquês venceu a luta por unânimidade.
.
[PESADOS] Pat Barry VS. Mirko CroCop - A luta foi ridícula para quem gosta de combates de verdade. Barry não estava com vontade de vencer seu ídolo. Ele chegou a fazer CroCop cair sentado duas vezes acertando grandes bombas de direita, mas ao inves de definir, esperava o striker levantar para ter a oportunidade de lutar em pé. Outro momento estranho foi quando Barry tentou um belo chute alto e foi cumprimentado por CroCop, com ambos os lutadores sorrindo e se abraçando. O juíz chegou a adverti-los, mas a palhaçada continuou. No último round o CroCop, mais experiente e sempre esperto, soltou uma sequencia de socos encurralando Barry, depois indo pras costas e finalizando com um mata-leão - Foi uma luta onde todos perderam: o Barry por não querer lutar, o CroCop por ter vencido um mero fã infantil, e o público por ter sido desrespeitado - Esperamos que lutadores fugindo do combate não se torne uma tendência e que a administração do evento puna esses tipos.
.
[93kg] Chuck Liddell VS. Rich Franklin - Na melhor luta do evento, as duas lendas partiram para a trocação, se acertando com fortes socos e chutes, levando a platéia ao delírio! Durante o combate Liddell surpreendeu aplicando uma queda, mas Franklin conseguiu voltar em pé a batalha coninuou. No final do 1o round Liddell encurralou o adversário com uma sequencia de golpes e partiu pra cima para definir o combate. Franklin sobreviveu ao ataque e contra-atacou um soco de direita que foi de encontro ao queixo do moicano, o levando a nocaute! Franklin vence mesmo com o braço esquerdo fraturado, ressurge como um TOP e espera por Forrest Griffin. E Liddell provavelmente se aposentará com uma derrota, mas deixando sua marca na história do MMA.
.
...
Fonte: Site Sherdog.com e transmição do canal COMBATE.

Nenhum comentário: