sábado, 18 de dezembro de 2010

JUNGLE FIGHT 24 - Catarinenses vencem e Crocotá empata com Sérgio Jr.

Aconteceu no dia 18 de Dezembro, sábado, no Clube do Flamengo, Gávea (RJ), o último grande evento do ano de 2010! A maioria dos combates acabaram antes do 3o round, como a luta do catarinense Gilberto "Giba" Galvão (84kg), que levou Dimitri Burga ao solo e foi em busca do braço. Dimitri resistiu como pode e tentava escapar, mas com um jogo-de-chão justo Galvão não deu chances ao adversário, finalizando com uma kimura.

Um outro catarinense brilhou foi Nelson Martin (93kg), enfrentando Bruno Capelosa, um lutador mais jovem e com muita disposição para trocar em pé. Nelson sentiu que o adversário tinha um jogo forte em pé e passou a buscar a luta no chão. Porém, num conjunto de atitudes lamentáveis, o Bruno segurou as cordas para não cair, fugiu do ringue quando por baixo e acertou golpes na nuca ao defender uma queda. Nelson sentiu os golpes e o médico o proibiu de retornar ao combate, não dando outra alternativa ao juíz a não ser desclassificar o atleta Bruno. O público vaiou porque queria mais luta, mas acabaram aplaudindo quando o juiz explicou a sua atitude e a bela lutadora Índia o apoiou.

A luta mais esperada da noite, entre as feras até 77kg Edilberto Crocotá e Sérgio Júnior, foi uma guerra muito equilibrada e que aconteceu em pé. No 1o round Crocotá soltou o seu boxe, sendo mais agressivo e atacando com velocidade, deixando Sérgio perdido no ringue. No 2o round Sérgio investiu nos chutes baixos, executou boas esquivas e encaixou bons socos. E o 3o round foi muito equilibrado, com Crocotá usando seu boxe, Sérgio aplicando chutes e os lutadores alternando o domínio do combate. E ao final de 3 rounds os juízes declararam empate!

No momento de falarem ao microfone Crocotá foi ofensivo com os juízes, dizendo que eles eram cegos e insinuando incompetência da parte dos mesmos. Já Sérgio Jr., apesar de também achar que merecia a vitória, foi mais educado. Reconheceu que se a luta terminou empatada é porque os dois permitiram que acabasse assim. E exaltou o nordeste como potência do MMA, já que a luta entre ele e Crocotá proporcionou um belo espetáculo ao público. E quem assistiu a essa luta eletrizante concorda que ela merece um tira-teima.


RESULTADOS:

Wendell "Negão" Oliveira venceu Tadeu Mendonça por TKO no 1o round;

Nelson Martins venceu Bruno Capelosa por desclassificação no 1o round;

Francisco Drinaldo finalizou Bruno Lobato com triângulo-de-mão no 1o round;

Ildemar Alcantara venceu Jakcson Mora por TKO no 1o round;

Gilberto Galvão finalizo Dimitri Burgo com kimura no 1o round;

Renato "Moicano" finalizou Eduardo Felipe com estrangulamento no 2o round;

Edilberto "Crocotá" de Oliveira emparou com Luis Sérgio "Jr." da Fonseca Melo.


...

Redação WVT;
Canal Combate.

Nenhum comentário: