quinta-feira, 3 de março de 2011

UFC On Versus 3 - Resultados: Thiago Tavares luta melhor, mas é nocauteado. Touquinho finaliza e salva a pátria!


O UFC On Versus é uma edição extra do Ultimate Fighting Championship realizado em parceria com o canal norte-americano Versus. E a parceira já chega a sua 3a edição com um card que prometia lutas eletrizantes e cumpriu o esperado!


Desempenho dos Brasileiros:

(Thiago Tavares encarando a revelação Shane Roller na pesagem)

(Touquinho segue colecionando pernas)

No card preliminar o brasileiro Rousimar "Touquinho" Palhares salvou a pátria ao finalizar Dave Branch, substituto de Cacareco, com sua tradicional chave-de-joelho. Já Thiago Tavares não teve a mesma sorte. O catarinense vinha de ótima fase no UFC com vitória sobre nomes como Manny Gamburian, e Shane Roller, vinha de vitória sobre o duro Jamie Varner. O brasileiro vinha dominando o combate acertando fortes socos em pé, encaixando low-kicks e conseguindo uma queda no 2o round. Porém, num contra-ataque rápido, Roller encaixou um direto que levou Tavares a lona, obrigando o juíz Mário Yamazaki a interromper o combate.


Card Principal proporciona Show ao Público!

(Weidman domina Sakara)

No card principal Bowles fez o dever de casa finalizando o adversário e Munoz conseguiu um bom nocaute. E Chris Weidman, casca-grossa da luta greco-roma e jiu-jitsu,que substituiu Maiquel Falcão, extreou bem derrotando o striker italiano Alessio Sakara. O americano fez ótimas transisões da trocação para a luta de solo, dominando bem o kickboxer italiano e vencendo por unanimidade.


(Sanchez esbanja agressividade e gás pra cima de Kampamman)

A luta principal pegou fogo! O técnico Kampmann evitou bem as quedas de Sanchez e soltou o seu boxe conseguindo um knockdown, vencendo assim o 1o round. No round seguinte Sanchez resolveu correr atraz do prejuízo e soltou a fera adormecida dentro de si, encurralando Kampmann com seus socos e não se intimidando com os duros contra-ataques. No 3o e decisivo round, Sanchez voltou ainda mais agressivo, conseguindo uma queda e tendo bons momentos na trocação. No final do combate ambos os lutadores estavam desfigurados pela guerra, principalmente Sanchez que estava com os olhos fechados. Mas o sacrifício valeu a pena e a agressividade prevaleceu, com o mexicano ganhando por unanimidade.


RESULTADOS COMPLETOS:

Card Principal:

-Diego Sanchez derrota Martin Kampmann por Decisão Unânime;
-Mark Munoz nocautea C.B. Dollaway por TKO no R1;
-Chris Weidman derrota Alessio Sakara por Decisão Unânime;
-Brian Bowles finaliza Damacio Page com guilhotina no R1.

Card Preliminar (Transmição via Facebook.com):

-Cyrille Diabate derrota Steve Cantwell por Decisão Unânime;
-Danny Castillo derrota Joe Stevenson por Decisão Unânime.

Card Prelimina (Não Televisionadas Ao Vivo):

-Shane Roller nocautea Thiago Tavares com direto no R2;
-Takeya Mizugaki derrota Reuben Duran por Decisão Dividida;
-Dongi Yang derrota Rob Kimmons por TKO no R2;
-Rousimar Palhares finaliza Dave Branch com chave-de-joelho no R2;
-Igor Pokrajac derrota Todd Brown por TKO (1o para o 20 R).


...
Referências:
Canal Combate;
MMA Fighting;
MMA Weekly;
Esporte.ig.

Nenhum comentário: