sexta-feira, 20 de maio de 2011

X-Combat Ultra: Paulão perde mais um combate. Ximú e Gregor Gracie brilham.

O dia 20 de maio de 2011 (sexta-feira) entrou para a história do MMA nacional com a realização deste mega-evento, resultado da parceria da X-COMBAT com o organizador Rodrigo Riscado, campeão de jiu-jitsu e MMA. O show ocorreu na cidade de Campos dos Goytacazes, Rio, e foi transmitido Ao Vivo pelo canal Combate.

A atração principal foi o Grand Prix internacional até 84kg, onde os brasileiros Telles, Ximú e Peçanha venceram bem seus adversários. Quem teve mais trabalho foi francês Norman Paraisy, que venceu o casca-grossa Paulo Filho por decisão unânime. Agora os campeões avançam para as semi-finais que deverão ser realizadas no próximo evento da franquia.

Para fechar a noite, Gregor Gracie e Thiago Mônaco disputaram o cinturão até 77kg! O jovem Gracie embolou-se com o adversário logo no início da luta e o puxou para a guarda com uma guilhotina encaixada. Thiago escapou, mas Gregor saiu para as costas e finalizou com um mata-leão, vencendo a luta em pouco mais de 1 minuto.


RESULTADOS COMPLETOS:

Card Preliminar:

Magno Magoo ( Nova União) venceu Phellipe Teixeira (Constrictor Team) por decisão majoritária;

Maurício Reis (BTT) venceu Franciney Farinazo (Nova União) por decisão majoritária;

Paulo Victor (Nova União) venceu Fabiano Sales China (Beto Padilha Team) por KO no 1º Round;

Emiliano Sordi (Argentina) venceu Ricardo Pessanha (Aliance) por Desistência;

Patrick Filex (Paraná Vale Tudo) venceu Vinicius Carvalho (Clube Da Luta) por Desistência;


GP até 84 kgs:

Eduardo Telles (Veras TK/Nine Nine)venceu Ivan “El Terrible” Gallaz (Real Fighting) Por KO no 1º Round;

Gustavo Ximú (Gracie Barra) venceu Juan Andres (Nova União) por finalização Guilhotina no 2º Round;

Leonardo Peçanha (Nova União) venceu Mathias Lemon (Top Fighting Team) por Armlock no 1º Round;

Norman Paraisy (ABS Team) venceu Paulão Filho (BTT) por decisão unânime;


Disputa de cinturão até 77KG:

Gregor Gracie (Gracie Fusion) venceu Thiago Mônaco (Paraná Vale Tudo) por finalização Mata Leão no 1º Round.

...
Referências: FanaticosPorMMA.com.br, X-Combat.com.br e PVT.

3 comentários:

evilasio disse...

nao conheci o paulao no tempo que era o 2 do mundo como dizem atualmente ele e muito ruim nao tem gas nenhum qualquer lutador medio do brasil ganha dele isto e minha opiniao

alexandre disse...

o evento foi muito bom so nao gostei do paulao ele envergonha os lutadores brasileiros tomou uma cossa deu pena o yamazaki tinha que ter parado aluta ou ele treina serio ou para de lutar so nome nao ganha luta mma nao e so jiujitsu e uma mistura de artes marciais ele sabe disso

Vale-Tudo Floripa disse...

O Paulão já foi TOP sim, mas não dá pra ficar no auge por muito tempo. O corpo envelhece, os adversários evoluem e os problemas pessoais atrapalham. Mas muitas vezes os caras continuam lutando simplesmente porque não tem emprego melhor para eles. Fazer o que?

Vida de lutador não é fácil. O Paulão é corajoso e gente-boa, merece nosso respeito.

Abraços.