domingo, 30 de maio de 2021

Nathan Mesquita estreia com vitória no SC In Combat.

Neste sábado, dia 29/05/2021, aconteceu o SC In Combat 2 em Joinville. O evento foi exibido online pela página https://acessoaoshow.com/ por apenas 29 reais, onde vários espectadores além de colaborarem para o evento e atletas, puderam aproveitar quase 20 lutas de MMA, Submission e Jiu-Jitsu.


 
O destaque do card preliminar foi a performance de Nathanael Mesquita, da equipe Flávio Alexandre de Forquilhinhas - São José. O lutador é dono do título até 75kg do TITÃS BOXE, mas nessa luta mostrou também outras armas como chutes, quedas e jiu-jitsu. O adversário Rafael Pureza se mostrou muito duro e proporcionou ao público 3 rounds de guerra, mas no final o boxe de Nathan prevaleceu e ele venceu por nocaute técnico.
 
HIGHLIGHT CURTO DA LUTA PRA DAR UM GOSTINHO!
(EM BREVE O EVENTO IRÁ DISPONIBILIZAR OS COMBATES COMPLETOS)
 
 

SOBRE AS LUTAS:
 

  • O evento contou também com uma luta de MMA Amador Feminina, onde Fernanda "Atômica" mostrou muito gás e força para vencer a dura Laila Amorim em 3 rounds de batalha!
  • Outra luta que chamou muita atenção foi entre o veterano Rodrigo "Wolverine" e o jovem Leonardo Fagundes. Wolverine usou sua experiência para vencer os primeiros rounds, mas no 3o o gigante Leo usou sua maior envergadura para puxar o adversário prum triângulo e finalizar.
  • Outra performance que chamou atenção foi de Leonardo Cavalheiro contra Daniel Costa. Cavalheiro pegou um adversário muito alto e resistente, mas conduziu a luta combinando muito bem boxe com chutes nas coxas e defendendo bem as quedas. Venceu por decisão unânime.
  • Na disputa de título até 57kg os lutadores Janailson Kevin e Ederson Santiago fizeram uma luta muito intensa digna de main event. E no 4o round Janailson Kevin venceu com uma chave-de-pé.
  • Todas as lutas foram boas e os resultados poderão ser conferidos em breve nas redes sociais do evento.

 
SOBRE O EVENTO:
 
A única crítica fica sobre a lona que era muito lisa. Alguns lutadores escorregaram e isso quase comprometeu o desenvolvimento de algumas lutas. Os demais aspectos foram um sucesso. Lutas bem casadas, combates amarrados voltando em pé rapidamente, valorização dos atletas durante toda a produção, e um par de comentaristas experientes e descontraídos, proporcionando muitos momentos de irreverência durante a transmissão. O evento está de parabéns por aceitar o desafio de fazer um show sem público e fica a torcida para que mais edições aconteçam!
 
...
Por Thiago Tubarão.
Redação WVT.

Nenhum comentário: